NA5 Blog

Melhores nomes (exemplos) de subdomínios para seu HubSpot

Melhores nomes (exemplos) de subdomínios para seu HubSpot

Confira os melhores exemplos de subdomínios de acordo com cada propósito de páginas.

Publicado em por

Diariamente conversamos com empresas que estão avaliando contratar HubSpot. Algumas decidem por configurar o HubSpot elas mesmas, outras decidem por contar com uma consultoria HubSpot para acelerar este processo.

Uma vez contratado o HubSpot, quando se inicia os processos de configuração, independente de quem for realizar a configuração, é preciso definir alguns parâmetros que perpetuarão por toda a estratégia. Por causa disso, desmistificamos os processos de implementação de HubSpot.

É muito comum nos depararmos com clientes cheios de dúvida sobre como e quais subdomínios escolher para organizar suas páginas, que pode influenciar desde como as pessoas pesquisam no Google, até quando se interessam em clicar em um link (URL) compartilhado em uma postagem das Redes Sociais.

Por isso, falaremos sobre exemplos de subdomínios para o seu HubSpot que você poderá escolher durante o processo de configuração. É fato que algumas empresas estão migrando de outros sistemas — RD Station, Unbounce, etc. — e podem optar por manter os subdomínios escolhidos anteriormente, mas de repente podem querer melhor os nomes escolhidos anteriormente. Assim, você pode se preparar para esta etapa do seu projeto.

Bons estudos! ⚡️

Domínio vs. Subdomínio

Vamos ao básico.

Olhe para o topo do seu navegador, no endereço (ou URL). Você verá https:// e, em seguida, blog.na5.com.br — a primeira parte “blog” é o subdomínio e a segunda parte “na5.com.br” é o domínio.

Basicamente um subdomínio é um complemento adicionado ao início do nome de domínio de um site, como uma parte separada, que opera complementando o nome de domínio principal.

As empresas costumam usar subdomínios para criar um site separado associado ao site principal, mas com funcionalidades diferentes, que atendem a uma finalidade ou público mais específico.

Com isso, não apenas o domínio e subdomínio atuam como dois sites diferentes, mas eles também serão rastreados separadamente. Isso ajuda as empresas que atendem a públicos distintos a controlar melhor os dados e análises, que podem ser usados para otimizar suas páginas com o HubSpot.

DicaPro: você pode ter diferentes hospedagens para cada subdomínio. Algumas empresas optam por manter o site principal hospedados no WordPress (usando subdomínio “www”), enquanto os outros subdomínios, como “blog”, estão configurados (hospedados) usando os recursos profissionais do HubSpot. Em um segundo momento, as empresas contratam o módulo HubSpot CMS e migram do WordPress para o HubSpot.

Exemplos de subdomínios para cada propósito

As empresas optam por usar diferentes subdomínios para diferentes propostas.

Por exemplo, uma empresa pode criar um subdomínio para hospedar sua central de ajuda, sua loja online ou para projetar um site especificamente para usuários em dispositivos móveis, garantindo a melhor experiência de usuário possível.

Pense em um nome que melhor se adapte à seção do site que você está atribuindo e escolha um termo que descreva sucintamente essa parte do seu site e limite-o a uma palavra.

Se possível, de uma forma que possibilite o leitor a relacionar o endereço com o conteúdo ou propósito da página, ou seja, ao ler a URL e interpretá-la, mesmo que sucintamente, ele saiba “onde” está ou tenha uma ideia da proposta deste endereço eletrônico.

Veja alguns exemplos de aplicação de subdomínios e inspire-se a seguir.

Website / Página principal

É o site principal da empresa. Projetado para cobrir a proposta geral do que a marca tem a oferecer.

A página principal também pode ser uma espécie de “hub” a partir do qual todas as outras páginas podem ser acessadas. Assim como geralmente todas as páginas apontam para o site principal por meio do link no logotipo que fica nas páginas hospedadas nos outros subdomínios.

Você pode usar:

  • www.nomedaempresa.com.br — é uma convenção da Internet usar “www” para o site principal da empresa.
  • nomedaempresa.com.br (sem-www) — por questões estéticas (ou preferência), algumas empresas optam em não usar “www” para acessar o site principal. Essa opção de configuração no HubSpot é possível no HubSpot CMS Hub Enterprise. Quem opta por essa configuração cria um redirecionador para o “www” pontar para o endereço “sem-www”, para que pessoas acostumadas a digitar o endereço do site com “www” consigam acessar o site “sem-www”.

DicaPro: algumas empresas usam o “www” para hospedar outros conteúdos no site, usando pastas (como “www.suaempresa.com.br/blog”) para realizar essa organização. Geralmente os conteúdos dessas páginas usam a mesma hospedagem da página principal. É possível em um nível avançado (Enterprise) de configuração, usando Proxy Reverso, que uma emprese deseja que o conteúdo de uma pasta (“/blog”) apareça como sendo hospedado no mesmo site do servidor, mas está exibindo páginas que vem do servidor da HubSpot.

Landing Page

A landing page é uma página de destino com o objetivo principal de converter visitantes em leads. São bastante usadas em campanhas de Marketing e são planejadas para ter altas taxas de conversão.

Você pode usar:

  • info.nomedaempresa.com.br — “info” é recomendada por ser uma palavra que pode ser compreendida tanto em inglês, como português.
  • materiais.nomedaempresa.com.br — termo muito usado no Brasil por empresas que utilizam outras plataformas.
  • conteudo.nomedaempresa.com.br — transmite a proposta de que o site oferece um “conteúdo premium” ou “conteúdo rico”.
  • lp.nomedaempresa.com.br — LP remete à “landing page”. É boa para ser identificada internamente pela empresa, mas não recomendamos esse termo para o público, já que o cliente pode não associar o significado de “lp”.
  • ofertas.nomedaempresa.com.br — o termo traz o significado de que a empresa está ofertando algo.
  • recursos.nomedaempresa.com.br — este é o exemplo de subdomínio preferido da NA5 para landing pages porque é o que cobre a maioria dos casos de usos realizados pelas landing pages.

Blog

Um blog é uma ferramenta muito utilizada na estratégia de Marketing de Conteúdo para atração do público-alvo e geração de tráfego orgânico.

Você pode usar:

  • blog.nomedaempresa.com.br — é o mais usado para hospedar o blog da empresa.
  • artigos.nomedaempresa.com.br — algumas empresas que têm uma posição mais conservadora, preferem usar o nome de subdomínio como “artigos”, no lugar de “blog”.
  • journal.nomedaempresa.com.br — é uma alternativa, para quem quer tratar o blog como uma revista eletrônica ou posicionar-se como algo mais “refinado”.

Central de ajuda ou Base de conhecimento

Segundo a HubSpot:

“Uma base de conhecimento é uma 'biblioteca de atendimento' que permite que você crie conteúdo de suporte ao cliente de autoatendimento em torno de tópicos, problemas e temas recorrentes. Também pode incluir funções como uma seção de perguntas frequentes (FAQ), fórum de usuário, artigos, white papers, artigos com instruções, tutoriais em vídeo, estudos de caso e dicionários ou glossários — essencialmente, qualquer coisa que ajude os clientes a entender e usar seus produtos ou serviços.”

Exemplos de subdomínios que você pode usar para esta finalidade:

  • ajuda.nomedaempresa.com.br
  • help.nomedaempresa.com.br
  • helpdesk.nomedaempresa.com.br
  • suporte.nomedaempresa.com.br
  • basedeconhecimento.nomedaempresa.com.br
  • knowledgebase.nomedaempresa.com.br
  • knowledge.nomedaempresa.com.br
  • conhecimento.nomedaempresa.com.br

Atualizações / Changelog

Quando a empresa tem um aplicativo (App) ou um software (SaaS) é comum que se tenha uma área para registrar todas as atualizações, melhorias ou correções de bugs realizadas, que pode ser como um blog adicional configurado para esse propósito.

O changelog é a melhor maneira do SaaS comunicar as atualizações do produto.

Você pode usar:

  • changelog.nomedaempresa.com.br
  • updates.nomedaempresa.com.br
  • atualizacoes.nomedaempresa.com.br
  • novidades.nomedaempresa.com.br

Conclusão

Existem vários motivos pelos quais você necessite criar subdomínios para incorporar novas ferramentas em sua estratégia.

A escolha do nome para o subdomínio pode ajudar na compreensão imediata por seus contatos, por exemplo, quando receberem via mensagem um link de acesso para uma de suas páginas nesses subdomínios.

Além disso, o nome do subdomínio pode ajudar na localização e posicionamento dos conteúdos nas ferramentas de buscas (SEO).

Agora que você já sabe que precisará definir isso durante a configuração de seu HubSpot, já pode ganhar tempo e definir o nome para os seus subdomínios.

A NA5 ajuda sua empresa com consultoria e na contratação de HubSpot.

Este é o nosso segredo

Nós revelamos os segredos que inspiram especialistas HubSpot de grandes empresas do mundo.